12 aplicativos indispensáveis para você baixar e usar durante o seu intercâmbio (gratuitos)

Tempo de leitura: 9 minutos

Que tal começar a planejar a sua rotina em terras estrangeiras?

Seja para fazer a tradução de uma palavra, seja para organizar as suas viagens, os aplicativos são hoje uma ferramenta indispensável para facilitar o dia a dia de quem precisa se virar lá fora.

A Information Planet reuniu alguns exemplos de apps que vão quebrar aquele galho e te ajudar a dar um up no inglês, salvar as fotos daquele passeio incrível, “caçar” uma rede de wifi grátis e muito mais!

Todos os apps descritos abaixo são gratuitos e estão disponíveis nos sistemas Android e iOS.

Faz a listinha aí!

1)Duolingo: aproveite o tempo ocioso para dar um up no inglês

duolingo aplicativo

Imagine a seguinte situação. Você está em uma parada de ônibus de Toronto ou no metrô de Sydney e ainda terá que esperar dez minutos até ingressar no transporte.

O que você faz?

  • Pega o celular e vai olhar o Instagram?
  • Fica no feed no Facebook sem nem saber por que está ali?

Pois se você tiver no seu smartphone o Duolingo esse tempo ocioso pode se transformar em aprendizado.

Por mais que você faça um intercâmbio par aprender inglês em uma escola, nunca é demais praticar para pegar a tão sonhada fluência no idioma.

Com o aplicativo, você pode fixar o conteúdo recebido em aula através de questões de múltipla escolha, jogos de combinação de palavras e desafios de tradução.

Intuitivo, o app faz você aprender algumas regrinhas de gramática e ainda te desafia. Você não vai sossegar até “ser aprovado” naquela etapa. Um vício traduzido em conhecimento.

Duolingo é indicado não só para quando você estiver no destino, mas principalmente no período pré-embarque, para você já se familiarizar com o idioma antes mesmo da chegada.

Além do inglês o software oferece exercícios em espanhol, francês, italiano e alemão.

2) Oanda Currency Converter: aquele help para planejar os gastos

oanda aplicativo intercambio

Confiável e atualizado, o Oanda Currency Converter é um conversor de moeda gratuito que atualiza as taxas de câmbio em tempo real. O app tem suporte para mais de 190 moedas e é uma opção eficiente para ajudar você a planejar e contabilizar os gastos antes e durante o seu intercâmbio.

A boa notícia é que além de intuitivo – não tem como se perder já que suas poucas funções são bem explicadas -, ele também ocupa pouco espaço no dispositivo e não requer muito do sistema.

A interface em português também ajuda principalmente quem não tem familiaridade com taxas de câmbio. Outro aplicativo com funções parecidas é o XE Currency.

Dica da IP: Existe uma frase clássica que deve estar internalizada na rotina de qualquer intercambista ou viajante:

“Quem converte não se diverte”.

A questão é: use o aplicativo para planejar seus gastos, mas não entre no esquema de converter qualquer garrafinha de água comprada no supermercado, ok?

3) Google Translate: não dá pra viver sem

Você reserva uma noite para ir a um restaurante bacaninha, pede o cardápio, já imagina aquele pratão e acontece aquela surpresa desagradável – especialmente para quem está faminto: não entende o que significa boa parte dos ingredientes descritos no menu.

Se você tiver o Google Translate no celular – sem a necessidade de entrar no navegador – seus problemas estarão resolvidos. É só colocar a palavrinha ali e pronto.  

No mínimo uma noção sobre o pedido a ser feito você terá e, de quebra, não corre o risco de pedir algo que você não gosta. Esse é apenas um exemplo das situações que o aplicativo pode te salvar.

4) Tripit: organize as suas viagens!

tripit aplicativo

Organizou um roteirinho de viagens durante o seu intercâmbio e quer concentrar todas as passagens, vouchers e reservas de hotel/hostel/albergue em uma só plataforma? O Tripit é o seu aplicativo!

Com ele você ganha tempo, já que não precisa procurar no e-mail os documentos, sequer imprimi-los.

Além da organização, um dos pontos positivos desse app é que se você não tiver programação para o dia, basta consultar a localidade que o Tripit vai disponibilizar diversas atividades junto com a avaliação das pessoas que já fizeram aquela programação.

O app também irá traçar o melhor trajeto no mapa. É como se fosse um Google Maps e TripAdvisor concentrados no mesmo espaço virtual! Bacana, né?

5) Wi-Fi Finder: “caça” ao sinal

wifi finder app

Uma das primeiras coisas a se fazer em terras estrangeiras, sem dúvidas, é contratar um bom pacote de internet. Ninguém merece estar num lugar super bacana e não poder compartilhar com amigos e família as fotos e vídeos.

Melhor ainda do que uma 4G de boa qualidade, é contar com aquela wi-fi que oferece um sinal superior e ainda te ajuda na economia do pacote. Foi para isso que o Wi-Fi Finder foi criado.

Além de encontrar redes de internet e te avisar por meio de alertas, o app possibilita que os usuários relevem as senhas e mostrem para quem quiser se conectar à rede.

Mas fique tranquilo. Não há nada de ilegal no app. A ideia é mesmo compartilhar a internet. Outra interessante função do aplicativo é que ele mostra os endereços aproximados das conexões, a fim de que os usuários saibam até onde podem ir usando aquela Internet. A verdadeira caça à Wi-Fi.

6)  Uber: segurança e praticidade no deslocamento

Disseminado no Brasil e presente em mais de 100 países, o Uber, serviço de carona paga por aplicativo, é outra opção indispensável para deslocamento. Tente não usá-lo em picos de tarifa dinâmica e se desloque de um ponto ao outro com a facilidade da tecnologia.

Dica: caso o seu destino seja a Austrália ou o Canadá, as opções de transporte público não deixam a desejar e podem ser mais vantajosas com relação aos custos.

Veja também como funciona o transporte público na Austrália

Opte pelo Uber quando você precisar chegar naquele ponto específico ou quando os horários do metrô ou ônibus não forem lá tão convidativos. Se estiver em grupo, vale ainda mais a pena optar pelo aplicativo.

7) Log it or lose it: encontre seus objetos perdidos [Apenas em Vancouver]

Agora entramos em um assunto não muito agradável, porém necessária, afinal ninguém está livre de imprevistos.

O Log it or lose it é um aplicativo disponível somente para quem residir em Vancouver, Canadá. Ele  pode te ajudar a recuperar itens perdidos ou furtados.

Se levaram a sua bicicleta, por exemplo, basta colocar as informações dela nesse aplicativo que  o Vancouver Police Department pode te ajudar a recuperá-la. Você coloca o número de série ou fotos, para identificá-la e pede aquele help.

País de primeiro mundo é outra coisa, não é mesmo?

8) “Localiza o meu dispositivo”

localizar meu dispositivo

Ninguém está livre de perder um smartphone, esse aparelhinho que hoje é praticamente uma extensão da gente. Portanto, garanta um aplicativo de rastreamento desde já!

O Localizar o meu dispositivo é um app desenvolvido pelo Google, uma boa alternativa já que localiza o dispositivo e realiza ações como o bloqueio total em caso de perda.

Mas como vou solicitar essas ações se perdi meu smartphone? Basta pesquisar no Google por “Localizar meu dispositivo”, clicar no link e fazer a verificação.

OBS: Para localizá-lo é importante que ANTES de perder você baixe o app e aceite os termos de rastreamento.

Para os sistemas iOS sugerimos o Find My Iphone.

9) Accuweather: levar ou não o guarda-chuva?

Garanta a guarda-chuva em caso de instabilidade ou aquele casaco mais potente para um frio, digamos, extremo. Baixe o  Accuweather e acompanhe a previsão do tempo, afinal ninguém merece chegar na aula encharcado da chuva, né?

O app é ótimo para você planejar uma viagem já que traz informações sobre as condições climáticas dos próximos dias. Ele faz a previsão do tempo de (acredite) três milhões de cidades/localidades, então é beeem provável que o aplicativo tenha informações sobre o destino do seu intercâmbio.

10) Google Photos: salva as fotos aí, “por favô”!

Google fotos

Tire quantos fotos quiser, mas, por favor, não esqueça de salvá-las em outro espaço que não seja só a memória do seu celular. Já imaginou se dá pane? Ou se ele é furtado?

A perda das fotos (e o sentimento que ficaram nelas) é o que mais vai doer. O Google Photos guarda e organiza diversos formatos de arquivos. Além disso, a ferramenta oferece editor de imagens para criar colagens, fazer vídeos com trilha sonora, entre outros recursos.

Vai viajar e quer ficar num hostel bacaninha e com preço acessível? Ao baixar o Booking ou o Hostelworld você terá uma boa noção das opções de hospedagem que a cidade oferece. Além de verificar o preço das diárias, você pode fazer a reserva ali mesmo, pelo aplicativo. Uma mão na roda.

12) Airbnb: sinta-se um local naquela viagem pelas redondezas

Uma ótima opção para pesquisar hospedagens em outras cidades que você deseja conhecer durante o seu intercâmbio.

O Airbnb é um serviço online comunitário para as pessoas anunciarem, descobrirem e reservarem acomodações e meios de hospedagem. Dá para alugar um quarto ou até mesmo um apartamento mobiliado todinho para você naqueles dias de passeio. Pelo app, é possível conversar com o dono das “hospedagens”, ver fotos do local e já fazer a reserva.

E aí, já se imaginou colocando todos esses apps para funcionar? Nada de passar perrengue!

Compartilhe nos comentários abaixo caso você lembre de mais algum app que possa ser útil no seu intercâmbio.

apps

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *