Como escolher o melhor país para fazer intercâmbio

Tempo de leitura: 7 minutos

Se você quer saber qual é o melhor país para o seu intercâmbio significa que já está na fase de planejamento da sua viagem. Ou seja, está a poucos passos de viver uma experiência que será inesquecível na sua vida. Isso nós podemos garantir!

Leia também: “6 maneiras de um intercâmbio transformar você”

Mas a grande questão é: qual vai ser o palco dessa experiência?

Todo mundo que vai fazer um intercâmbio tem influência dos amigos para escolher o destino. Portanto, a primeira dica é: ouça todos eles!

Cada uma vai ter uma sugestão diferente, vai contar histórias incríveis e motivar você.

Mas! Mesmo recebendo vários conselhos, para responder essa questão saiba que é preciso fazer algo fundamental: uma autoavaliação.

Basicamente, para entender o país ideal para você é preciso entender você mesmo, quais são suas preferências, seu estilo de vida, objetivo, etc.

A notícia boa é que a resposta para o melhor país para o seu intercâmbio está dentro de você. Por isso, vamos fazer uma série de perguntas e reflexões para ajudá-lo a encontrar o país que é a sua cara para esta experiência.

Tire um tempo para pensar com calma e já vá fazendo uma lista dos países que vêm à cabeça, ok? No final, você vai ver que tudo vai ficar mais fácil para tomar essa decisão.

1) Qual é o seu objetivo?

Ter claro qual é o seu objetivo é o primeiro passo para entender qual é o país ideal para o seu intercâmbio. Com esse ponto definido, você já consegue identificar alguns países mais alinhados às suas metas pessoais e ficará mais simples avaliar as outras questões que vamos levantar aqui.

Pense bem: você quer fazer um intercâmbio para aprender um novo idioma? Ou apenas aperfeiçoá-lo?

Ou, quem sabe, a possibilidade de estudar e trabalhar no exterior lhe agrada mais do que apenas o estudo?

De repente, você está mais interessado em fazer um curso profissionalizante, para aprimorar o seu currículo e aumentar suas chances de colocação no mercado de trabalho.

E se sua mente está mais em busca de algo bem fora do comum? Algo que você nunca viveu antes? Um curso com aulas de surf na Austrália, seria loucura demais ou acha incrível a ideia de viver uma experiência dessas?

Enfim, é preciso que você entenda, dentro das possibilidades de um intercâmbio, o que mais lhe agrada e se encaixa com seu propósito de vida.

Anotou aí o seu objetivo? Beleza! Agora, imagine quais são os países que podem oferecer o que busca.

Ex: Se você está procurando fazer um intercâmbio para estudar e trabalhar, isso só será possível em países como, por exemplo, a Austrália, Nova Zelândia, Irlanda e Canadá.*

Leia também: 5 motivos para fazer intercâmbio na Nova Zelândia”

*A possibilidade de trabalho depende do tipo e tempo de curso. Por exemplo: na Austrália é permitido trabalhar ao estar matriculado em qualquer curso, desde que tenha a duração de no mínimo 12 semanas.

Não esqueça de estar atento às peculiaridades de cada país, ok?

2) Qual idioma você quer aprender?

Agora que você tem um objetivo em mente e já sabe os países que se encaixam com o seu objetivo, pense quais idiomas você tem interesse em aprender. Inglês? Espanhol? Francês?

Mesmo que você não tenha a intenção de fazer um curso voltado para o idioma do país, de qualquer forma irá aprender a falar como os nativos pela convivência diária.

Indo para o Canadá, por exemplo, dependendo da região, será inevitável aprender tanto o inglês quanto o francês.

Se você tem como objetivo aprender inglês, obviamente os países de língua nativa inglesa devem estar na sua mira.

3) Qual é o seu estilo de vida?

Agora que você já delimitou bastante os países ideais para o seu intercâmbio é hora de pensar em outro fator decisivo: o seu estilo de vida.

Quando você imagina a sua experiência no exterior você pensa em praias, bares e uma vida noturna agitada?

Ou você é alguém mais sossegado, que prefere viver em um país conhecido por ter uma zona urbana rodeada de cafés e livrarias interessantes?

Reflita também sobre o seu ritmo de vida. Será que você topa morar em cidades grandes, capitais, ou está procurando algo mais afastado dos grandes centros?

Nada impede também de você buscar países que possuem cidades com belas paisagens, ao invés de grandes centros comerciais.

Ex: se você é alguém aventureiro, que é fascinado por belas paisagens naturais, busque por países que possam oferecer esse “colírio” para os seus olhos.

• Muita atenção com o clima!

Está disposto a vivenciar neve e temperaturas negativas ou prefere um clima tropical, semelhante ao do Brasil?

Pense o que tem mais a ver com você: praias, calor e roupas leves, ou montanhas nevadas ski e roupas de inverno?

Ah! Fique atento também ao período da sua viagem. Afinal, dependendo do país que escolher você irá enfrentar diferentes temperaturas de acordo com a época do ano. Não vá dar uma de gringo perdido chegando de regata no inverno de outro país!

Resumindo: Entendendo o seu estilo de vida fica barbada escolher o país que vai encaixar mais com você. Ou caso você tenha definido lá no seu objetivo que quer uma experiência mais radical, por que não optar por sair da zona de conforto e ir para um país totalmente avesso ao que você está acostumado?

Já consegue visualizar uma lista de países que estão dentro dos tópicos mencionados acima? Ótimo! Está quase chegando lá!

4) Viabilizando seu intercâmbio

Uma coisa é certa: sempre vai ter um intercâmbio que cabe no seu bolso. Mas como país de sua preferência em mente é preciso levantar suas economias e entender o quão perto você está de viabilizar o sonho de ir para esse destino.

Para levantar os valores do seu destino desejado com maior exatidão, peça um apoio para a sua agência de intercâmbio levantar quais são os países que estão dentro do investimento que você está disposto a fazer. No caso da Information Planet, temos certeza que nossos especialistas em intercâmbio vão conseguir algumas condições especiais para você realizar o seu sonho.

Dica de ouro: Cuidado para não levantar apenas a questão dos valores das passagens até o seu destino (erro que muitos costumam cometer). Só um especialista poderá lhe auxiliar em contas como passagem, custo de vida e possibilidade de remuneração nos casos de intercâmbio com trabalho.

Conclusão

Agora você já pensou bastante com os seus botões sobre: objetivo, investimento, idioma e estilo de vida, vamos listar abaixo uma tabela com informações dos principais destinos de intercâmbio e suas peculiaridades para facilitar a sua decisão.

Temos certeza que se você refletiu sobre os pontos citados acima a escolha irá ficar bem mais fácil!

Ainda ficou com dúvidas sobre qual o melhor país para fazer seu intercâmbio? Que tal conversar gratuitamente com um cara que entende do assunto?

Fale com um especialista em intercâmbios da Information Planet que ele poderá lhe ajudar de uma maneira personalizada!

Faça o planejamento do seu Intercâmbio com um Especialista!

E-book 5 barreiras que impedem você de fazer um intercâmbio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *