Depoimento de mãe: minha reação quando meu filho fez intercâmbio

Tempo de leitura: 1 minuto

…”Tamo junto”!

Fazer um intercâmbio é o sonho de transformação de muitos jovens, que assim como o Danilo Dias, sonhou, idealizou, planejou e realizou.

Essa semana ele completou 6 meses na Austrália, concluiu seu curso, e acaba de renovar seu visto para um novo período.

Para todos os que foram, e os que que pretendem ir, é uma experiência indescritível: passar um período mágico no exterior, conhecer novas pessoas e culturas, e conquistar fluência no idioma é um belo diferencial no currículo.

Mesmo sabendo de todas essas vantagens dentro do coração de uma mãe surge a insegurança:

  • “Onde meu filho vai ficar?”;
  • “Como vai se virar pra comer?”;
  • “Vai ser perigoso?”;
  • “Será que vai ter algum suporte?”;
  • “Será que ele terá responsabilidade para morar sozinho?”;
  • “E se acontecer alguma coisa?”.

São perguntas, medos e expectativas pelo novo, mas de alguém que se importa (e muito) com o desenvolvimento e o bem-estar de sua filha ou filho.

A mãe teme o novo, mas sabe que é preciso ser forte nesse momento… E como uma águia que empurra seu filhote ao abismo, lançando-o ao seu primeiro voo, ela se mantém firme vendo o filho se lançar para a vida.

Em seu coração apertado um pensamento se faz muito forte: “Voe alto meu filho, permita-se, vá atrás de seus sonhos, acredite em você, assim como eu sempre acreditarei! Voe para onde quiser mas saiba que seu pouso sempre será aqui.”

Seu pouso, seu porto, seu colo.

Para todas as mães, que colocam o amor e as vitórias acima da saudade, nosso carinhoso: Feliz Dia das Mães!

Assista abaixo ao nosso vídeo homenagem para todas as mães do intercâmbio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *