8 super motivos para fazer seu intercâmbio em Perth na Austrália

Tempo de leitura: 9 minutos

É bem provável que ao pensar em Intercâmbio na Austrália, você automaticamente se imagine em cidades como Sydney e Melbourne, não é mesmo?

E se te contarmos que Perth pode ser um destino igualmente interessante e, melhor: até 25% mais barato?

E se te contarmos que Perth é a cidade australiana mais perto do Brasil?

E se te contarmos que lá tem praia + parques lindos + ambiente cosmopolita e uma economia em ascensão (leia-se: empregos para intercambistas)?

Hummm… Talvez você considere fazer seu intercâmbio em Perth, não é mesmo? 😉

Nesse post, a Information Planet vai mostrar 8 motivos pelas quais você deve começar a considerar a cidade de Perth na Austrália como a cidade perfeita para o seu intercâmbio.

Veja também: As 10 melhores cidades da Austrália para fazer intercâmbio em 2018

Antes de começar, que tal assistir um bate-papo com o Rudah, intercambista da IP que mora por lá? Ele adora a cidade e não troca Perth por nada. 

 1) Cosmopolita e vibrante

Desmistifique a ideia de que só porque Perth é menos conhecida, não oferece características de uma cidade cosmopolita. Com 2 milhões de habitantes, a metrópole abriga um centro financeiro em ascensão e atrai cada vez mais investidores e profissionais estrangeiros.

A quarta maior cidade da Austrália está localizada em Western Australia, estado que mais cresce economicamente na Austrália. Aliás, é o território que mais exporta no país e que apresenta a maior concentração de milionários em toda a Austrália.

Isso significa que, sim, se você quiser, vai encontrar emprego por lá. Basta ter força de vontade e, claro, não esperar que o trabalho caia no seu colo.

Leia também: Salário mínimo na Austrália: descubra quanto pagam aos brasileiros

“Você tem que ir com a mentalidade de aprender coisas novas e correr atrás. Sem dúvidas, é o que de mais importante se leva dessa experiência”, diz Rudah no depoimento do vídeo.

Outra característica que agrada os intercambistas é o equilíbrio entre o movimento e a tranquilidade. Enquanto cidades como Sydney, por exemplo, não param, Perth é mais calma.

Mas longe de ser chata.

Segundo Rudah, a cidade conta com restaurantes, festivais de música e dança e uma vida noturna ao ar livre pulsante.

“Culturalmente a cidade oferece inúmeras opções. De clubes noturnos a exposições fantásticas. Aqui, por exemplo, eu já fui em festival de dança francês e indiano. É uma  oportunidade única de conhecer outras realidades”, complementa o intercambista

A afirmação de Rudah sintetiza uma das principais razões para fazer um intercâmbio: conhecer novas culturas e não ter medo de mergulhar nessa experiência.

2) Quer natureza? Tem também

Já imaginou morar em uma cidade com um dos maiores parques urbanos do mundo?

Pois Perth sedia o Kings Park, atração, acredite, maior que o Central Park de Nova Iorque.

O espaço, cheio de vida, natureza e energia, é um ponto à parte na cidade.  E nós explicamos o porquê:

Além de estar situado próximo ao Centro, o parque fica em uma área elevada da cidade, o que permite com que o visitante relaxe nos gramados e aviste todos os prédios ao fundo.

O cenário fica ainda melhor, pois também é possível apreciar o imenso Swan River, o rio mais famoso da região.

Além de contar com várias árvores nativas, as famosas wildflowers (flores do campo) para apreciar ou fazer aquela fotinho para o Instagram, o local ainda possibilita que você pare, tome um cafezinho em uma das cafeterias localizadas no interior e siga a caminhada.

Nesse passeio, aliás, você vai encontrar uma passarela de vidro onde poderá caminhar pelas copas das árvores. É lindo mesmo!

Já tá sabendo que o Kings Park vai ser um dos seus points de fim de semana, né?

3) Praia + pôr do sol = paraíso

Cottesloe Beach Perth

A praia mais famosa de Perth, Cottesloe Beach, é outro ponto imperdível.

Banhadas pelo Oceano Índico, suas águas apresentam uma cor maravilhosa: é um verde clarinho, clarinho, muito similar ao que se encontra nas praias paradisíacas da Tailândia, por exemplo.

Mas isso é só o começo.

O pôr do sol de Cottesloe Beach é imperdível! Turistas, moradores locais e intercambistas são unânimes: não tem nada igual. É parar, apreciar e deixar-se levar pelo clima “good vibes”.

intercambio australia perth

4) Mais barata, menos brasileiros

Por não ser a mais badalada cidade australiana, Perth apresenta custos bem mais em conta quando comparados ao que se gasta em outras cidades da Austrália (o que é ótimo para intercambistas).

Conforme o site Expatistan, Perth chega a ser até 25% mais barata que Sydney, principalmente por conta dos custos com acomodação.

Leia também: Custo de vida na Austrália em 2018: descubra quando você vai gastar por lá

Aliás, se você quiser, pode contar até com transporte público gratuito por lá.

É sério isso?

Sim! A cidade oferece o CAT bus, uma linha que fica rodando de graça pelo Centro da cidade.Uma economia e tanto nos passeios de fim de semana ou na rotina da semana!

Outra característica que agrada quem deseja “fugir” dos conterrâneos – ou melhor, de falar português, – é que o número de brasileiros na cidade é bem menor se comparado a outros territórios do país. Condição que facilita não só o aprendizado, como o contato dos intercambistas com outras culturas.

5) A um pulinho da Indonésia

Você sabia que Perth é uma das áreas metropolitanas mais isoladas do mundo?

Péra lá que isso não é de todo ruim!

O fato de ela estar distante das outras cidades australianas permite que fique a um pulinho da Indonésia!

Isso quer dizer que Bali, outro paraíso de águas cristalinas, está mais perto de Perth, do que outros pontos turísticos do país.

Se você garantir passagens aéreas fora da temporada, poderá conhecer a Indonésia por um valor bem acessível. Tem uma galera que aproveita as promoções e, ao invés de viajar pela Austrália, dá um pulinho na Indonésia e volta. Nada mal…

6) Tem muita história e muita cultura também

Guildford Perth

Ainda que seja conhecida por suas praias paradisíacas, Perth também tem os seus cantinhos históricos.

Para desbravar esse lado da cidade, você deve ir até Guildford. Trata-se de uma região que apresenta prédios construídos ainda no século 19, todos muito bem conservados.

Restaurantes, mesinhas de rua, lojas charmosas e jardins são outras características muito presentes no bairro.

Mas se a intenção for conhecer a fundo a história da cidade, que tal visitar dois dos principais museus no Centro?

O Western Australian Museum, por exemplo, é um museu de história natural, onde várias galerias com ossadas de dinossauros, meteoros e animais empalhados nativos da Austrália podem ser estudados.

Já a Art Gallery of Western apresenta uma galeria sobre a origem aborígene do país. As obras são bem impactantes, e fazem o visitante refletir sobre a delicada situação na qual se encontram os nativos do país, tão humilhados durante os séculos. Ah, o local também apresenta obras contemporâneas.

Um passeio cultural e tanto!

7) Região Vinícola em plena Austrália

Vinho australiano? É isso mesmo. Perth é conhecida por oferecer vinhos de extrema qualidade.

A região vinícola do país – que fica a apenas 30 minutos da cidade – também é uma atração à parte.

O negócio deu tão certo por lá, que Perth e arredores abrigam mais de 100 vinícolas.

Nessa região a pedida é fazer tours gastronômicos, onde você pode experimentar vários tipos da vinho, chocolate e queijos. Hummmm

8) Vem que o surfe e os animais mais fofos te chamam

perth quokka

Surfistas ou aspirantes ao esporte facilmente se impressionam com Perth. É porque algumas praias da cidade e arredores apresentam ondas de mais de 12 pés!

As condições do mar são tão boas para a prática do esporte que inúmeros campeonatos de surfe acontecem na cidade e nas praias vizinhas.

Ilhas muito próximas como a Rottnest Island são, igualmente, uma atração e tanto.

Paraíso intocado, a ilha está a 20 quilômetros de Perth e possibilita uma experiência única de contato com a natureza selvagem.

O lugar é tão mágico que se você não estiver entretido com a beleza das praias e seus morros, vai morrer de amores pelos quokkas.

Como quase todos os animais exóticos que só existem na Austrália, esses bichinhos (mamíferos marsupiais) estão acostumados com a presença dos humanos.

Percebeu como o formato da boca faz com que ele pareça estar sempre sorrindo?

É a vida selvagem interagindo e circulando livremente por lá.

Quanto custa um intercâmbio em Perth?

Abaixo separamos algumas escolas australianas de altíssima qualidade de ensino e com ótimo custo-benefício. Confira:nsino.

  • Kaplan Perth

Curso: 16 semanas de General English – Intensive Evening (25h por semana)

Entrada de R$ 3.585,00 + 5 parcelas de R$ 1.720,00*

Inclui:

  • Curso de 14 semanas + 2 semanas grátis
  • Matrícula
  • Material

*Promoção válida até 30/09/18 – Valores calculados com câmbio de AU$1 = R$3,04

  • Navitas Perth

Curso: 16 semanas de General English – Level 1 – Evening (20hh por semana

Entrada de R$ 3.799,00 + 5 parcelas de R$ 1.831,00

Inclui:

  • Curso
  • Matrícula
  • Material

*Promoção válida até 31/12/18 – Valores calculados com câmbio de AU$1 = R$3,04

  • Lexis Perth

Curso: 16 semanas de General English – Evening (20h por semana)

Entrada de R$ 4.589,00 + 5 parcelas de R$ 2.222,00

Inclui:

  • Curso
  • Matrícula grátis
  • Material

*Promoção válida até 31/12/18 – Valores calculados com câmbio de AU$1 = R$3,04

planejamento de intercâmbio

E aí, gostou de Perth e dessa energia singular que a cidade oferece?

Que tal fazer um orçamento com um de nossos especialistas em intercâmbio na Austrália e conferir o mundo de possibilidades que a cidade apresenta?

Você também pode baixar o nosso e-book de Austrália e ter ainda mais informações sobre a terra dos cangurus.

Não deixe essa oportunidade ir embora. Um intercâmbio muda tudo!

Guia Austrália

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *