[RESUMO WEBINAR] Como fazer seu intercâmbio para Austrália de uma vez por todas? 7 dicas de especialista

Tempo de leitura: 6 minutos

Se você ainda não se cadastrou para acompanhar nossas novidades sobre intercâmbio (cadastre-se ao lado), provavelmente ficou de fora do Webinar gratuito: 7 pontos-chave para você fazer seu intercâmbio para Austrália de uma vez por todas.

Mas não tem problema!

Além de disponibilizar a gravação para você assistir quando quiser, a IP fez um resumo das dicas de nosso especialista em intercâmbio para Austrália, Israel Angrizani (Izzy).

Preparado para tirar do papel a sua ideia de fazer um intercâmbio para a Austrália? Veja um resumo doos pontos-chave que o Izzy passou na transmissão especialmente para quem está com o foco em um intercâmbio de estudo e trabalho:

1 – A embaixada exige perfis genuínos

“Tenha uma boa história para contar” – Israel Angrizani

Na preocupação de entregar a melhor experiência para nossos intercambistas, Izzy comentou que dentro de nosso processo é feita uma avaliação do seu perfil para entender a sua história.

Assim, conseguimos avaliar as chances de sucesso de aprovação do seu visto para Austrália. Entre os pontos avaliados estão:

  • Histórico de estudos;
  • Histórico de trabalho;
  • Vínculos com o país de origem;
  • Estrutura familiar;
  • Suporte financeiro.

Importante colocar que esses pontos são avaliados pelos nosso especialistas com base na experiência (mais de 20 anos) de vistos aprovados e negados.

De qualquer forma, mesmo com nossa avaliação positiva, o especialista reforça que a decisão de aprovação ou não do visto é unicamente do Departamento de Imigração australiano. 

2 – Qual é o seu objetivo com esse intercâmbio?

“Tem que dar match!” – Israel Angrizani

Para colaborar na aprovação do visto, não basta mandar bem no ponto 1 citado acima, é preciso ter uma boa história para contar.

É preciso ter um objetivo claro que “case” com a sua história de vida.

Ex: “Acabei de me formar, não tenho um inglês muito bom e gostaria de fazer um curso para ter melhores chances no mercado brasileiro.”

Israel citou durante o webinar vários exemplos de boas histórias aliadas com um perfil genuíno. Além disso, explicou a importância da combinação desses dois fatores para o sucesso da sua aplicação.

3 – Tipos de cursos

Quais são os tipos de curso oferecidos na Austrália?

Izzy apresentou as especificidades de acordo com as necessidades dos intercambistas e explicou um a um os pontos abaixo:

Cursos de inglês:

  • Inglês geral (2 a 52 semanas);
  • Preparatório para exames de proficiência;
  • Preparatórios acadêmicos;
  • Inglês para negócios.

Custos técnicos:

  • Custos VET;
  • Certificados (II, III e IV);
  • Diplomas;
  • Advance Diplomas.

Higher Education:

  • Graduação;
  • Especialização;
  • Pós-graduação;
  • MBA;
  • Mestrado;
  • Doutorado;
  • PHD.

4 – Destinos e escolas

Depois de uma boa avaliação de perfil feita pela agência e você estabelecendo um objetivo claro para o seu intercâmbio, é hora de pensar em destinos e escolas.

Nesse ponto, Israel reforçou a importância de avaliar o seu perfil: O que você gosta de fazer? Qual clima mais lhe agrada? Gosta de cidades mais movimentadas ou mais tranquilas?

Assim, é possível que o especialista lhe dê uma orientação mais certeira de qual destino é o mais adequado para o seu intercâmbio.

Já imaginou chegar em uma cidade da Austrália nada a ver com você? Melhor não correr esse risco.

5 – Investimento

Quanto custa fazer um intercâmbio para Austrália? Nesse ponto-chave, nosso especialista comenta que é preciso entender caso a caso para dar uma ideia de orçamento.

De maneira bem rasa, um curso de inglês de 6 meses, com visto, taxa de matrícula, seguro obrigatório e passagens, um intercâmbio para a Austrália custaria em torno de 20 mil reais. É uma estimativa muito superficial.

Afinal, é um valor que varia muito dependendo das escolhas que você de escola, destino, época de embarque, tempo de curso, etc.

Nesse ponto, nosso especialista ressalta que é um investimento. Intercâmbio é uma transformação para a vida toda!

Se você não sabe qual impacto um intercâmbio pode ter na sua vida, leia nosso post sobre as transformações do intercâmbio.

6 – Prazos para a realização do seu sonho

De nada adianta ficar só sonhando com um intercâmbio, não é mesmo? Quando você irá realmente embarcar nessa?

Para isso, é importantíssimo que você tenha um bom planejamento com prazos para seguir em frente com esse sonho.

Especialmente se você vai para Austrália, é preciso contar com no mínimo 3 meses de antecedência de embarque, contando o tempo para emissão de visto.

Como existem muitas possibilidades de montar o seu intercâmbio, isso significa que não sera do dia para a noite que você vai decidir o destino, escola, tipo de curso, tipo de acomodação e tudo mais.

Planejamento é a chave para tocar seu sonho adiante. E, para isso, uma agência é fundamental!

Leia esse post para você entender bem qual é o papel de uma agência de intercâmbio

Quanto antes você começar a ter uma orientação assertiva sobre o seu intercâmbio, melhor. Você terá mais tempo para se planejar e se preparar (emocionalmente) para um intercâmbio.

7 – Realidade na Austrália VS Ideais

Esse ponto-chave apresentado pelo Israel é focado em dar a real para você sobre intercâmbio para Austrália.

Aqui, ele fala da importância de entender que você não irá fugir dos problemas do mundo com um intercâmbio.

No seu destino, e sim, inclusive na Austrália (um dos melhores países para se viver) você terá problemas.

Nem tudo será tão maravilhoso assim.

Ex: se o seu intercâmbio for para estudo e trabalho, você tem que ter energia para estudar, trabalhar e ainda chegar em casa e botar as coisas em ordem.

A adaptação, independente do destino, é algo que exigirá um pouco da sua resiliência. Se adaptar ao idioma, à cultura, às pessoas, à rotina…

Leia nosso post sobre adaptação, para que você não tenha alguns “sustos” durante a sua experiência lá fora.

Nem sempre tudo isso é fácil.

MAS! É isso que o deixa mais forte e que vai fazer sua experiência ser incrível! Um intercâmbio, sem dúvidas, transforma.

Você nunca mais será o mesmo depois de passar por uma experiência dessas. Duvida? É só perguntar como foi a experiência para algum amigo ou parente que já fez intercâmbio. Apostamos que irá ficar falando emocionado (e tentando convencer você a fazer também).

Gostou do resumo?

Melhor ainda está o Webinar completo! Lá, o Izzy passa várias dicas extras, além desse resumão.

Deixe seu feedback sobre o webinar aqui abaixo, nos nossos comentários!

Se tiver dúvidas, é só comentar também que estaremos de olho para respondê-lo da melhor maneira possível.

Webinar Austrália

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *