cultura da austrália

Cultura da Austrália: 9 costumes que você precisa conhecer antes de ir

A cultura da Austrália é um dos motivos pelos quais o país atrai intercambistas e turistas de todas as partes do mundo.

Aberta e cheia de singularidades, a vivência dos aussies contagia e faz muita gente se apaixonar pelo país em um passe de mágica.

Mas você já parou para pensar, no detalhe, quais são os principais aspectos culturais de Austrália e em que momento eles se diferenciam do Brasil?

  • Aliás, o que os australianos fazem para economizar (e se divertir) aos fins de semana?
  • Esse tal de churrasco australiano é bom mesmo?
  • Já te contaram que dá para levar sua própria bebida no restaurante?

Vem aprender, na prática, como funcionam os costumes da Austrália. Preparamos uma listinha especial! 😉

1) Churrasco: a desculpa para qualquer reunião

Churrasco australiano

Achou que só brasileiro inventava churrasco no final de semana para encontrar os amigos? Engano!

Um dos aspectos culturais mais interessantes da Austrália é que os aussies adoram fazer um churrasquinho, também conhecido como BBQ ou “barbie”!

O que muda no BBQ, para o churras brasileiro, é o modo de preparo.  Por lá não existe espeto, nem cortes com os quais nós, brazucas, estamos acostumados.

Os australianos compram bifes ou salsichas e assam tudo em uma espécie de grill. Alguns ainda montam a carne com pão de sanduíche e adicionam cebola, além do famoso molho barbecue. Fica uma delícia.

Mas se você é daqueles que não aguenta ficar sem o nosso modo de assar churrasco, alguns lugares já começaram a preparar os cortes que encontramos por aqui.

Isso ocorre devido ao fato de muitos brasileiros residirem na Austrália e levarem um pouquinho da nossa cultura para lá! Legal, né?

Churras na praia é mais comum do que se pensa

Diferente do Brasil em que na maioria das vezes o churrasquinho é feito na casa de algum amigo, na cultura da Austrália esse hábito é também adotado nos espaços públicos!

Sim, o governo australiano oferece churrasqueiras – automáticas e de alta qualidade – para que seus habitantes aproveitem esse momento ao ar livre.

Na praia ou nos parques é possível combinar a churrascada com o bônus de poder curtir aquela vista do mar ou do verde, que vamos, combinar, é linda demais.

Bóra marcar aquele churrasquinho e praticar o inglês com os colegas?

Lembre-se sempre: Bom senso é imprescindível na cultura australiana e não esqueça que você poderá ser multado caso deixe o equipamento sujo.

Ah, e já que o assunto é comida, não podemos esquecer que na Austrália, acredite ou não, carne de canguru também é comercializada. Hábito estabelecido há milhares de anos entre os aborígenes, o alimento pode ser uma alternativa caso você queira experimentar os diferentes pratos típicos da Austrália.

Dica: prove o hambúrguer de canguru! Há quem diga que o sabor lembra carne de ovelha por ser um pouco mais forte. Reza a lenda que ela deve ser consumida mal passada, portanto, o que alguns locais fazem é cortá-la no meio para ficar ao ponto (huuum). Na dúvida experimente e tire as suas conclusões.

A carne de canguru pode não ser a principal opção entre os locais, mas vem ganhando versões gourmets em restaurantes de grandes cidades como Sydney e Melbourne. Além disso também é exportada para mais de 55 países!

2) “BYO”: leve sua própria bebida nos restaurantes

Marcou aquele jantar legalzão em um restaurante? Então nós vamos apresentar uma sigla que vai ajudar você a economizar: BYO (Bring your Own).

Essa expressão quer dizer que você pode levar a sua própria bebida para acompanhar a refeição no estabelecimento sem constrangimento algum. É sério!

Geralmente o restaurante vai cobrar uma taxinha por garrafa de vinho ou cerveja que você levar, mas ainda assim vale a pena.

Essa “liberdade” é um costume muito legal e presente na cultura dos australianos.

Além de economizar, dá a oportunidade de você tomar aquela bebida que mais gosta e que, por vezes, poderia não ser oferecida pelo local.

Só não esqueça de levar a ou (as) garrafas em um saquinho ou no cooler, já que na Austrália é proibido beber e andar na rua com bebidas alcoolicas à mostra. Também cheque com o restaurante se ele entra no esquema BYO.

Ah, e aproveitando o embalo, a expressão BYO também serve para você levar o que irá consumir naquele churrasquinho com a galera.

Marcou encontro com os amigos?

Então Bring your Own e leve sua própria carne e bebida.

3) Sacar dinheiro no caixa do supermercado

Quer mais praticidade que fazer aquela compra no mercado e retirar o dinheiro que você vai precisar mais tarde assim, na boca do caixa?

Na Austrália, ao efetuar uma compra no supermercado ou em algumas lojas, você poderá ouvir a seguinte pergunta: “Any cash out?” É porque o atendente quer saber se você vai precisar de uns trocados a mais. Trata-se de uma forma prática e bem comum de sacar dinheiro no país.

Caso você só queira fazer compras e prefere não passar pela operadora de caixa, pode validar suas mercadorias nos caixas automáticos.

Aí você mesmo passa seus produtos, empacota e paga com o cartão. O mesmo ocorre nos postos de gasolina.

IMPORTANTE: na Austrália existe uma confiança mútua entre as pessoas. Todos esperam que você seja tão honesto quanto eles.

4) Loucos por esporte!

esportes australianos

Corrida, caminhada e pedaladas na costa…

Sim, os australianos são loucos por atividades físicas, especialmente aquelas que envolvem natureza.

Muito ligados ao esporte aquático, os aussies são apaixonados por surfe, remo e até nado.

Não é raro, encontrar surfistas que vão para a praia às 6h30 e, pós prática, se encaminham engravatados para seus trabalhos. Quer melhor maneira de começar o dia?

Os aussies também adoram trilhas!

Justamente por causa dessa característica é que os parques nacionais oferecem caminhos pela floresta com estrutura como bebedouros e banheiros.

Existem trilhas, aliás, de até 200 quilômetros ligando um parque ao outro.

Vai encarar esse desafio?

Se você é daqueles que gosta do dia, está pensando em ir para o lugar certo.

Ativos, os australianos acordam cedo, e gostam de praticar esportes em meio à natureza. Tanto é verdade que algumas baladas, por lá, não terminam tarde.  Chega 1 hora da manhã e todos já estão voltando para aproveitar o dia seguinte.

Mas se você é baladeiro de plantão, também existem opções mais tardias. Em Adelaide, por exemplo, algumas festas facilmente vão até umas 4 horas.

Provavelmente você vai entrar nessa

É claro que nem todo mundo é assim, tão ativo e disposto, até porque isso varia conforme o perfil de cada pessoa.

O interessante, porém, é que esse clima mais saúde faz parte da cultura da Austrália e há grandes chances de contagiar você também. =)

E já que o assunto é atividade física, o rugby é um dos esportes mais populares na Austrália.  Experimente assistir a uma partida da The National Rugby League (ou Liga Nacional de Rugby). Emoções não vão faltar!

5) Respeito: todos de “igual para igual”

Um dos aspectos mais fascinantes da cultura australiana é o tratamento que seus habitantes dão para qualquer pessoa.

Não importa se você é médico, advogado ou se é lavador de pratos. Todos (é sério) serão atendidos da mesma forma, independente do lugar onde estiverem.

Exemplo: não é difícil encontrar trabalhadores de obras se deslocarem a bancos ou shoppings após o expediente. De uniforme e, muitas vezes, até sujos em razão da mão de obra pesada, eles são atendidos pelo gerente de banco assim como qualquer outro cidadão.

O respeito às profissões, independente da faixa salarial, é algo natural por lá.

Prática da cultura da Austrália também é valorizar os trabalhos físicos e manuais, tanto que o salário mínimo não baixa de AU$ 20,00 por hora.

6) Aborígenes: importantes na cultura da Austrália

Apesar de ser um tema pouco abordado, muito da cultura popular da Austrália hoje está relacionada ao povo que habitava o território antes da colonização inglesa: os aborígenes.

De origem pré-histórica, eles se organizavam em até 500 grupos e viviam de uma maneira muito à frente da sua época. Pinturas, formas de se comunicar (são até 300 dialetos), e crenças que levavam em conta a natureza e seus ritmos estão no portfólio desse povo. Isso soa familiar, não?

Dica de especialista: para mergulhar na cultura aborígene, visite o Museu Australiano, no coração de Sydney, ou faça uma agradável caminhada com um guia aborígene em The Rocks, no centro da maior cidade australiana.

Uma das melhores formas de entender a cultura de um país é conhecer quem veio antes. Não deixe de prestigiar os espaços que protagonizam a vivência dos aborígenes na Austrália. É a dica cultural da IP. 😉

Há uma frase que procura retratar o respeito que os australianos têm com os aborígenes e nós fazemos questão de colar aqui:

“Eu, respeitosamente, reconheço passado, presente e os donos originais da terra dos nativos, os guardiões tradicionais dessa terra, e respeito sua cultura e identidade que estão ligados a essa terra e mar por várias gerações.”

7) Música: aproveite os festivais e os artistas de rua

Ainda que uma das maiores bandas de todos os tempos seja da Austrália – sim, AC/DC é de lá!! -, o país não tem um estilo musical para chamar de seu.

Mas nem por isso deixa de ter o que fazer!

Para quem gosta de música eletrônica, a pedida é conferir os festivais que ocorrem na cidade de Byron Bay e atraem moradores de todo o país.

Outra dica good vibes é acompanhar os músicos de rua!

Por ser um país turístico e aberto às mais distintas manifestações culturais, a Austrália recepciona muito bem esse perfil de apresentações.

Não será difícil encontrar, por exemplo, artistas em feirinhas de rua (que são muitas), no passeio público ou até no calçadão da praia com seus tradicionais chapeuzinhos.

Esse cenário concede um clima muito singular e amistoso para as cidades. Aí é curtir e se deixar levar pelo som do violão ao fundo. 😉

OBS: Se bem deu para perceber, australiano gosta de função ao ar livre! É por isso que feirinhas de artesanato e comida, eventos culturais, festivais e intervenções de artistas deixam as cidades ainda mais vibrantes.

8) Inglês australiano: perca o medo

costumes austrália

Antes de ler esse tópico, fazemos um pedido:

Desconstrua a visão de que o inglês australiano é de difícil compreensão!

Essa estranheza acontece porque, naturalmente, nossos ouvidos estão muito mais acostumados à pronúncia norte-americana em razão da forte influência de filmes, músicas e séries padrão EUA.

Mas o fato é que o inglês australiano tem o seu accent (sotaque) diferente por conta de suas inúmeras influências:

  • Britânica (colonização);
  • Aborígene (com seus dialetos);
  • E dos demais imigrantes que habitam o país há muitos anos (multicultural).

Esse mix de culturas faz o idioma ter algumas diferenças. Nada, porém, que seu ouvido não se acostume em semanas.

Para você já ir se ambientando, fique de olho nessas dicas de mestre:

Os australianos não pronunciam o R ao fim das palavras:

ForeveR -> ForevÁ

TogetheR -> ToghetÁ

Car -> CÁh

Eles também gostam de abreviar palavras:

Australia – straya

Football – footy

Chocolate – choccy

As gírias e expressões são muito presentes na cultura popular da Austrália:

Soda (EUA) -> Soft drink (AUS)

Sidewalk (EUA) -> Foot path (AUS)

O inglês da Austrália tem, sim, suas peculiaridades, mas isso não não quer dizer que seja mais difícil. É só pensar como se fosse no Brasil com os inúmeras diferenças que temos entre os estados. Lembre-se que tudo é questão de prática e se o idioma é assim, mais arrojado, informal e cheio de gírias, é porque tem muito do modo de ser dos australianos. 😉

Confira um vídeo com mais abreviações e expressões aussies:

9) Work smarter, not harder

Sabe aquele esquema de trabalhar 12 horas por dia?

Voltar para casa e ficar pensando no trabalho?

Pois é. Na Austrália você só vai entrar nesse ritmo se quiser.

Não é da filosofia dos australianos viver para trabalhar.  É da filosofia deles trabalhar, mas priorizar a qualidade de vida. É por isso que na maioria das empresas, começa-se cedo para encerrar o expediente cedo e curtir a vida depois.

Uma expressão, aliás, define muito bem esse modo de encarar a vida profissional: work smarter, not harder.

Ou seja: use a sua cabeça e otimize seu tempo de trabalho.

É claro que exceções podem acontecer e, quando você se deparar com esse tipo de situação, é importante que demonstre comprometimento. Mas o fato é que o ritmo não será tão insano.

Acostume-se também com o fato de que, em algumas cidades, comércios vão fechar cedo em pleno sábado ou domingo. É para que o esquema qualidade de vida se estenda a todos, independente do tipo de ocupação.

Outra curiosidade da Austrália é que as praias não ficam lotadas somente no sábado e no domingo.

Nas segundas e terças, acredite, tem muita gente que vai curtir a vibe litorânea.

Isso acontece porque os trabalhadores (especialmente intercambistas) que ocupam vagas na área de hospitality (hoteis e restaurantes) trabalham duro no fim de semana e folgam nos primeiros dias úteis da semana.

Veja também: Como estudar e trabalhar na Austrália

Não rolará, portanto, bad vibes domingueiras.

Partiu, Austrália?

Não é só o clima, a praia ou a estrutura da Austrália que chamam atenção. É a forma como os aussies encaram a vida, ensinam, e se mostram abertos a aprender.

A cultura da Austrália tem mesmo muitos aspectos fascinantes e você, ao fazer um intercâmbio pode viver tudo isso intensamente.

Que tal fazer um orçamento e tirar todas as suas dúvidas sobre Intercâmbio na Austrália?

Contate aqui um de nossos especialistas e comece a dar asas a esse sonho!

O que achou dos  costumes da Austrália? Ficou surpreso? Deixe sua opinião nos comentários! =)

One thought on “Cultura da Austrália: 9 costumes que você precisa conhecer antes de ir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[212069]
[212069]
[209006]
[209006]
[209014]
[209014]
[200627]
[200627]
[292870]
[292870]