general english

General English: conheça o curso mais escolhido por intercambistas brasileiros

Se você é daqueles que já entendeu a importância de ter o inglês na ponta da língua, certamente encontrou referências sobre programas de General English no exterior.

Com uma metodologia que envolve aprendizado dentro e fora da sala de aula, os cursos de General English ou Inglês Geral são indicados para brasileiros que desejam falar naturalmente e querem alcançar a tão sonhada fluência.

Partiu descobrir como funciona e o que esperar desse que é o curso mais escolhido por intercambistas?

O que é o curso de General English?

O curso de General English é um dos programas que mais faz sucesso entre intercambistas brasileiros (e do mundo).

Isso acontece porque ele prepara o aluno para ouvir, falar, escrever e escutar no “idioma universal”.

A diferença do General English para um cursinho de inglês no Brasil é que a imersão é total.

Ou seja: do início ao fim você terá contato com professores nativos e será desafiado a praticar a fala em todas as aulas, mesmo que seu nível seja o básico.

(Isso sem contar a imersão cultural proporcionada pelo intercâmbio).

Outro destaque do curso é a metodologia.

Boa parte das escolas no exterior oferecem aulas interativas com desafios que vão além da sala de aula.  

Excursões, passeios, simulados e exercícios online entre outras atividades fazem parte do escopo dos cursos.

Os cursos de General English também preparam os alunos para:

  1. Construir o vocabulário com a pronúncia correta;
  2. Exercitar a habilidade da escuta;
  3. Falar inglês com mais precisão e confiança;
  4. Ler e compreender artigos dos mais variados assuntos;
  5. Desenvolver facilidade para escrever;
  6. Entender o inglês formal e informal (porque expressões e gírias também integram os diálogos);

Empolgado com a chance de aprender inglês em outro país?
Clique aqui e faça a simulação online do seu intercâmbio.

General English: Como funciona e para quem é indicado?

Os cursos de General English são indicados para qualquer pessoa que tenha vontade de aprender.

Há aulas focadas para crianças e adolescentes – programas de férias geralmente são os mais escolhidos – e metodologias para alunos dos 20, 30 e até 50 anos em diante.  

Idade não é MESMO um empecilho.

Cada escola tem a liberdade para construir a própria metodologia, mas há alguns pontos em que todas convergem: a forma de ingresso dos alunos.

Antes de ser classificado em uma turma, você passará por um teste de nivelamento que consiste em avaliar como estão as suas competências na escrita, fala, escuta e leitura.

Essa é a única forma de garantir que você será classificado em uma classe conforme a sua maturidade no idioma e também de garantir o seu investimento.

Até porque ser enquadrado em uma turma avançada se você ainda está no básico pode ser bem traumático…

Ah, é normal que você seja classificado em um nível menor do que era avaliado nos cursinhos de inglês aqui no Brasil.

Essa prática é comum, já que as escolas querem ter certeza de que você vai ter total domínio para passar de fase.

OBS: Indicamos sempre que os intercambistas viajem, pelo menos, com o nível básico do inglês. Além de “não perder tempo” com questões básicas, sabendo o mínimo você conseguirá se virar de forma mais tranquila lá fora. Importante ressaltar também que não são todas as escolas que aceitam alunos que ainda estão no básico, do básico.

E depois?

Depois de iniciar as aulas você será avaliado de quatro em quatro semanas. Se houver evolução, poderá subir de nível e, por consequência, tornar o inglês mais natural em sua rotina.

E quais são os níveis de inglês que eu posso alcançar no General English?

  • Elementary:
  • Pré-Intermediário;
  • Intermediário;
  • Upper Intermediário;
  • Avançado.

Saiba mais em: Quais são os níveis de inglês? Explicação + Tipos de empregos

Quando eu posso começar?

As aulas dos cursos de General English iniciam toda semana e para garantir a matrícula é necessário adquirir um pacote de, no mínimo, duas semanas com carga horária de 20 horas semanais.

Essa carga é o mínimo necessário para o visto de estudante, mas existem programas com menos horas para turistas.

Já o tempo máximo de curso você escolhe: pode ser 3, 4, 12, 24 ou até 52 semanas, sendo que a maioria dos intercambistas opta por 24 semanas.

O interessante dos cursos de General English é que o currículo é super flexível e são, pelo menos, 20 aulas (entre 45 e 60 minutos) por semana.

É claro que cada escola apresenta as suas peculiaridades, mas um método de ensino que agrada bastante os alunos que viajam pela Information Planet é a UFO. Entenda:

U – Uso do Inglês Geral

F – Foco nas habilidades de linguagem que você precisa melhorar

O – Opções de aulas com outra vertente que não seja só o inglês geral.

Essa metodologia permite que o aluno aprenda o inglês no seu ritmo e tenha aulas adaptadas para o seu perfil.

Vale lembrar que além dos encontros obrigatórios, as instituições também oferecem conteúdos optativos online, além de clubes e atividades extras de conversação e fixação de conteúdo.

OBS: Marcar presença nesse tipo de atividade pode ser configurar uma alavanca no seu aprendizado. Vale aquele esforcinho, né?

Outro detalhe bem significativo para quem almeja voos maiores é que é possível ingressar na escola em uma turma de General English e à medida que a evolução acontecer, nada impede de você alterar a matrícula para um curso de proficiência em inglês (ILETS, Cambridge, TOEIC e TOEFL)  ou mesmo Business English.

General English na Austrália

general english australia

Fazer um intercâmbio de General English na Austrália é garantir não só a possibilidade de trabalhar (e ganhar uma graninha para ajudar nos custos), como de aproveitar um país cheio de praias, riquezas naturais e clima tropical similar ao Brasil.

Falamos isso porque diferente de países como Canadá, a Austrália permite que brasileiros estudem e trabalhem enquanto realizam o seu intercâmbio.

Para isso, basta emitir o visto de estudante e contratar um curso a partir de 14 semanas.  

É justamente por ter essa facilidade que boa parte dos estudantes que escolhe a terra dos cangurus viaja para fazer um intercâmbio de estudo e trabalho.


Os tipos de emprego são focados na área de hospitalidade, ou seja, trabalhos em estabelecimentos como restaurantes, hoteis, pubs e cafés.

Essa é a área de maior demanda porque o inglês ainda não é tão exigido.

Nada impede, porém, de o intercambista tentar emprego em outro tipo de ocupação, mas adiantamos que o processo seletivo é bem mais complexo e exige total domínio do inglês.

Saiba mais em:Empregos na Austrália: A realidade do mercado de trabalho para intercambistas

Além da vantagem de poder aliar estudo e trabalho, o intercâmbio General English na Austrália é vantajoso por conta da qualidade das escolas.

Todas as instituições parceiras da IP apresentam uma metodologia reconhecida e estão muito bem localizadas. Basta você escolher uma acomodação perto do transporte público e não haverá maiores percalços.

Aproveite e conheça: 23 melhores escolas para estudar na Austrália

Não esqueça que a Austrália é um dos melhores países para se viver no mundo e conta com cidades de ponta no que diz respeito à estrutura, belezas naturais e, claro, oportunidades de emprego É por isso que o mundo está na Austrália.

General English no Canadá

general english canada

Se você quer viajar e ter como único foco o aprendizado do idioma, precisa fazer um curso de General English no Canadá.

Falamos isso porque desde 2014 o país não aceita mais que intercambistas estudem inglës e trabalhem legalmente no país.

Essa condição tornou cidades como Toronto e Vancouver destinos sugeridos para quem faz o intercâmbio com a única intenção de aprender o idioma.

Além de contar com escolas de respaldo no que toca a aceleração do aprendizado, o Canadá apresenta um grande mix de nacionalidades em suas escolas e ainda é economicamente mais vantajoso se compararmos com destinos como EUA e Inglaterra.

Ah, quem busca paisagens diferentes e um clima charmoso de inverno não precisa pensar duas vezes.

Apesar das temperaturas negativas, o Canadá reserva cenários impressionantes.


Vale a pena se você nunca teve contato com a neve!

OBS: Frio, frio, você sentirá só na rua, ok? Dentro de qualquer ambiente, seja escola, ônibus, loja ou bar o sistema de calefação é super eficiente. A dica, portanto, é vestir-se em camadas.

Acesse e saiba mais: 9 melhores escolas para estudar inglês no Canadá

General English na Irlanda

general english irlanda

Aprender inglês em meio ao charme da Europa não parece ser uma ideia ruim. Que tal investir em um curso de General English na Irlanda?

Se você viajar no inverno vai ter que se acostumar com os dias nublados e de chuva, mas nada que atrapalhe a experiência, afinal a Irlanda também permite que brasileiros estudem e trabalhem por lá.

Importante salientar que a Irlanda é um dos destinos mais baratos e aquele que apresenta menos burocracia para emissão do visto.

Ou seja: se você decidiu que é a hora de fazer o intercâmbio e não está a fim de esperar muito, a Irlanda pode ser uma ótima alternativa, já que os trâmites burocráticos são facilitados.  

Ah, só vale salientar que para trabalhar na Irlanda, você precisa contratar um curso de General English com duração de, no mínimo, 25 semanas.

Veja mais detalhes sobre em: 7 motivos para decidir fazer (ou não) o seu intercâmbio na Irlanda

Outro ponto forte da Irlanda é que devido a sua privilegiada localização é possível conhecer inúmeros países da Europa enquanto viaja.

Para isso, basta contratar um seguro viagem e seguir as orientações da sua agência de intercâmbio confiável.

Entre de cabeça nessa chance, economize uma graninha e fique de olhos nas promoções de companhias low coast (baixo custo).

Tem intercambista da Information Planet que já fez intercâmbio para a Irlanda e conheceu até 18 países!

Business English: entenda a diferença

Diferente do curso de General English que busca ensinar o inglês em um contexto geral, o Business English é uma formação voltada para o universo dos negócios.

Nesse tipo de curso (geralmente de curta duração), o aluno aprende expressões e jargões do universo corporativo e passa a ter mais confiança para se comunicar nesse tipo de ambiente.

O destaque dos cursos de Business English é que eles podem ser focados em uma variedade de temas como:

  • Liderança;
  • Comércio Internacional;
  • Gerenciamento de projetos;
  • Marketing e vendas;

Já a metodologia envolve os alunos em atividades interativas. São elas:

  • Estudos de casos de negócios;
  • Participação em reuniões e entrevistas;
  • Habilidades para redação comercial;
  • E Participação de reuniões e entrevistas.

O ideal é que você ingresse nesse curso, pelo menos, com o nível intermediário de inglês para que você tenha domínio do conteúdo e o curso, de fato, faça sentido.  

Conclusão

Não vê a hora de aprimorar o seu conhecimento no inglês e sair por aí falando naturalmente?

Aproveite que os cursos de General English no exterior são os mais adaptáveis e de fácil requisito e solicite um orçamento com um de nossos especialistas em intercâmbio.

Clique aqui e aproveite para verificar qual escola e país têm mais a ver com o seu perfil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[212069]
[212069]
[209006]
[209006]
[209014]
[209014]
[200627]
[200627]
[292870]
[292870]