salário mínimo Nova Zelândia

Salário mínimo Nova Zelândia: Descubra quanto pagam aos brasileiros

O salário mínimo na Nova Zelândia é uma das tantas razões que motiva os brasileiros a realizarem um intercâmbio de estudo e trabalho por lá.

Além de ser justo pela quantidade de horas trabalhadas, o valor é bem considerável. Quer ver só?

O salário mínimo na Nova Zelândia chega a ser 240% maior se comparado ao ordenado do Brasil. (Explicaremos em detalhes abaixo)

É claro que o custo de vida na Nova Zelândia também acaba sendo um pouco maior, mas se você souber controlar seus gastos, poderá manter uma vida tranquila e ainda economizar uma graninha para viajar pela terra dos kiwis.

Vem saber tudo sobre salário mínimo na Nova Zelândia em 2019, empregos destinados a brasileiros, quanto pagam em cada um, além de formas de conseguir uma vaga de trabalho durante o seu intercâmbio.

O que você vai descobrir neste artigo

Qual é o salário mínimo na Nova Zelândia?

O salário mínimo na Nova Zelândia é de NZ$ 17,70 a hora.

Considerando que intercambistas podem trabalhar 20 horas semanais – mais do que isso  no período letivo é considerado ilegal – , o valor total mínimo chega a NZ$ 1.416,00.

Antes de converter esse valor para reais é importante explicar que na Nova Zelândia existe uma sistema chamado “Before Tax e After Tax” = antes e depois da taxa.

Trata-se de um valor descontado do salário de todos os trabalhadores e que funciona como uma espécie de imposto de renda.

Ex: Com o desconto, o valor líquido a ser recebido passa de NZ$ 17,70 para aproximadamente NZ$ 16,20.

Leia também: 4 melhores cidades cidades da Nova Zelândia para fazer intercâmbio

Se liga

Como já citamos, o custo de vida da Nova Zelândia é maior em comparação ao Brasil. Portanto, não embarque com a ilusão de que os gastos serão os mesmos, ok?

Em compensação, tenha certeza que será possível manter uma vida confortável por lá. Até porque o salário mínimo é SÓ a largada.

À medida que o seu nível de inglês for aprimorando, você poderá trabalhar em outras ocupações que poderão pagar até NZ$ 25,00 a hora.

Veja logo mais abaixo os tipos de emprego e os respectivos salários.

Como brasileiros podem trabalhar na Nova Zelândia

Os três passos para brasileiros trabalharem na Nova Zelândia são:

1) Procurar uma agência de intercâmbio confiável;

2) Contratar um programa de estudo e trabalho;

3) Providenciar a emissão do visto de estudante.

Durante o processo de planejar um intercâmbio para a Nova Zelândia é importante que você busque orientações com a agência sobre elaboração do currículo em inglês e as formas de conseguir emprego por lá.

A Information Planet orienta que além de adicionar as suas experiências profissionais anteriores, você inclua no documento a chamada Cover Letter, que nada mais é do que uma cartinha de apresentação.

Nesse pequeno texto, procure falar quem você  é, por que decidiu viajar para a Nova Zelândia e qual a sua motivação com a vaga.  Mesmo que você não tenha experiência prévia naquela atividade específica, mostre iniciativa, pró-atividade e vontade de aprender.

Como encontrar um emprego na Nova Zelândia?

Como conseguir emprego nova zelândia

Existem, pelo menos, três formas de conseguir um emprego na Nova Zelândia.

A mais clássica, não tem jeito, é bater de estabelecimento em estabelecimento e entregar o seu currículo impresso.

“Hi, excuse-me, can I drop  my CV?”

Vá se acostumando com essa frase e deixe seu currículo em lugares como cafés, hoteis, restaurantes e pubs.

Aproveite e leia: Cultura da Nova Zelândia: descubra os 9 fatos mais interessantes sobre o país

A segunda maneira que também pode ser bem eficiente é ficar de olho no mural da escola que você estudar.

Sempre tem alguma oportunidade exposta nesses espaços, que também servem para oferta de aluguel de quartos e venda de outros artigos. Resumindo, é o grande “Classificados” dos intercambistas.

A busca de empregos através de sites também configura outra alternativa adotada por intercambistas brasileiros que viajam para a Nova Zelândia.

A Information Planet recomenda os seguintes sites:

sjs.co.nz

trademe.co.nz

https://lwb.co.nz/ (voltado para a região de Queenstown)

Agora que você já sabe quais são os caminhos para conquistar um emprego na Nova Zelândia, é importante ter em mente que nada cai do céu, beleza? Falamos isso porque porque é preciso correr atrás.

Assim que você se instalar no país e entender como será a sua rotina, já comece a procurar trabalho. Quanto mais você se adiantar, mais chances terá de ser empregado e custear seus gastos no país.

Tipos de trabalho e salários na Nova Zelândia

eletricista na nova zelandia

Não há restrições para brasileiros trabalharem na Nova Zelândia. Se o candidato apresentar competência técnica, experiência e inglês fluente, ele pode concorrer a vagas específicas da mesma forma que um candidato neozelandês.

O grande porém é que a maioria dos intercambistas viaja, justamente, para aprimorar o nível de inglês que ainda não é dos mais avançados.

Os empregos disponíveis para esse público, portanto, se resumem à área de hospitalidade. Garçom, lavador de pratos e assistente de cozinha são alguns exemplos.

Confira a média de salário paga por hora por profissão:

  • Lavador de pratos: a partir de NZ$ 17,00
  • Barista: a partir de  NZ$ 17,50
  • Garçom: a partir de NZ$ 17,00
  • Assistente de padeiro: a partir de NZ$ 17,00
  • Assistente de cozinheiro: a partir de NZ$ 17,00
  • Trabalhador de obra: a partir de NZ$ 20,00
  • Eletricista: NZ$ 25,00

Trabalho pesado = Salário mais alto

Intercambistas que não tiverem medo de trabalho pesado podem atuar na área da construção civil da Nova Zelândia.

Apesar de a atividade ser cansativa e exigir muito esforço físico, pedreiros e ajudantes de obras acabam sendo as colocações que melhor pagam os estrangeiros.

O ponto de partida do salário para quem trabalha em obras começa em NZ$ 20,00, mas pode alcançar até NZ$ 30,00, dependendo da exigência.

Delivery em alta

empregos nova zelândia

Delivery  é outro tipo de trabalho que está em “alta” na Nova Zelândia. O mais interessante é que essa atividade permite mais liberdade de horários, afinal  o “pico” de demanda ocorre no almoço, jantar e, claro, nos fins de semana.

Outra questão curiosa relacionada à profissão é que os intercambistas que não estiverem dispostos a arcar com a burocracia de tirar a licença para dirigir na Nova Zelândia, podem comprar ou ainda alugar bikes elétricas pelo custo aproximado de NZ$ 10,00 a diária.

Há casos de brasileiros que já empreenderam nesse esquema, compraram um número x de bikes e hoje alugam as bicis para intercambistas que trabalham como delivery. Bacana, né?

Salário mínimo Nova Zelândia: Ótimo para o bolso brasileiro

Viu só quantas possibilidades de emprego estão esperando por você?

Para quem não tem preguiça, o salário mínimo da Nova Zelândia compensa (e muito)!

Você pode começar a planejar o seu intercâmbio para a Nova Zelândia agora mesmo!

Fale com um de nossos especialistas, tire todas as suas dúvidas e solicite um orçamento personalizado.

Teremos o maior prazer em ajudar você a dar esse grande passo pessoal e profissional. =)

2 thoughts on “Salário mínimo Nova Zelândia: Descubra quanto pagam aos brasileiros

  1. Ola, tudo bem?

    Estou com um casal de amigos morando na Nova Zelândia e me animei de voltar para Oceania, morei na Australia, so que agora gostaria de ter uma experiencia de vida Kiwi e caso gosta acabar me mudando mesmo, so estou com algumas duvidas sobre qual a melhor forma de começar o processo, sera que vocês poderiam me auxiliar?

    Agradeço desde ja pela sua atenção,

    Saudações,

    Guilherme Severo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[212069]
[212069]
[209006]
[209006]
[209014]
[209014]
[200627]
[200627]
[292870]
[292870]