intercambio sydney

Intercâmbio em Sydney na Austrália – Guia completo para leigos

Está pensando em fazer um intercâmbio em Sydney na Austrália?

Quer ainda mais motivos para ter certeza de que essa é a cidade perfeita para você?

Pois saiba que Sydney, na Austrália, é uma das cidades mais vibrantes do mundo! Além de ser linda – ela foi construída ao redor de uma baía –, a cidade também é uma das mais cosmopolitas do país.

O que isso quer dizer?

Que estrangeiros de todos os cantos do planeta buscam Sydney para alçar voos profissionais e pessoais.  Ou seja, a cidade é uma espécie de casa/chamarisco de intercambistas.

Aliás, se a sua intenção também for trabalhar na Austrália, você está planejando ir para a cidade certa. Isso porque Sydney é o polo econômico do país e, por consequência, o que mais oferece oportunidades profissionais em todo o território australiano.

Quer saber mais sobre intercâmbio em Sydney? Então fique com a gente porque após essa leitura você vai ficar expert no assunto e se surpreender com Sydney:

Informações gerais sobre Sydney na Austrália

localização Sydney

Antes de contar as principais informações da cidade, nossa primeira dica para você não cometer gafes é: Sydney não é a capital da Austrália.

Isso mesmo!

Ao contrário do que muitos imaginam, a capital do país é Camberra, uma cidade de pouco mais de 400 mil habitantes.

A pequena cidade foi escolhida como capital para amenizar uma espécie de embate que havia entre Sydney e Melbourne, ainda em 1908. Para não deixar nenhum território em desvantagem, o governo da época decidiu que era vez da pequena Camberra também brilhar.

Ah, e vale lembrar que Sydney é a cidade mais antiga da Austrália. Os primeiros colonos chegaram à cidade em meados de 1788.

População: 4,5 milhões de habitantes

Região: Capital do estado de New South Wales (Nova Gales do Sul), Sydney está situada a sudeste da costa australiana.

Temperatura: No verão a média fica entre 18 e 30 graus, podendo chegar aos 40 nas fortes ondas de calor. Já no inverno os termômetros variam de 9 a 17 graus.

Fuso horário: É bom se programar para falar com a família. Isso porque Sydney está 14 horas a frente de Brasília.

Pontos turísticos

Opera House

pontos turísitcos opera house sydney

Impossível falar sobre Sydney e não citar a Opera House. Construído por Bennelong Point, o espaço se tornou o principal ícone da arquitetura australiana.

Para os intercambistas que desejarem ter uma experiência completa, a dica, claro, é assistir alguma apresentação no local.

Ópera, balé, teatro e orquestra sinfônica são apenas uma amostra dos 40 shows sediados por semana no espaço cultural.

Seja para assistir às apresentações ou para fazer um tour pela estrutura, o importante é não deixar de ir, já que a Opera House é um dos principais planos de fundo de Sydney e da própria Austrália.

Bondi Beach

bondi beach sydney

Bondi Beach: guarde este nome e na primeira oportunidade que surgir, não deixe de visitar essa que é considerada uma das praias mais lindas de Sydney.

Por lá você pode, óbvio, tomar um banho de mar daqueles, se exercitar no calçadão ou, simplesmente parar para tomar algum drink em um dos inúmeros bares situados na região.

Nossa dica para sentir (de verdade) a natureza do lugar é fazer o caminho entre Bondi Beach e Coogee. A trilha de seis quilômetros é feita inteiramente pela costa e atravessa outras praias menores (imagina só o visual).

Fazer a caminhada durante o pôr do sol, então, é simplesmente revigorante.

A região de Bondi Beach também é muito procurada por surfistas devido às ondas que chegam à costa. Mas olha que legal! Para garantir a segurança dos banhistas, a prefeitura construiu piscinas públicas tendo o mar como plano de fundo. Sério… impossível não se apaixonar.

Desculpem a empolgação, mas precisamos falar do clima “vizinhança” da região de Bondi. É porque lá você vai encontrar desde a turma que faz um churrasquinho no parque até aquela feirinha de produtos orgânicos todo sábado no jardim da escola pública de Bondi. Se você gosta de artigos retrô, aos domingo rola uma espécie de feirinha hippie.

Hyde Park

hyde park sydney

Sydney é aquela cidade onde você sempre terá algo novo para fazer. (Aliás, nós sofremos para organizar a seleção dos pontos turísticos porque, acredite, são muitos!)

Não poderíamos esquecer, porém, do Hyde Park, um parque público localizado no centrão de Sydney. O espaço, possui, nada menos, que 16 hectares e é considerado o parque mais antigo da Austrália.

Pegue uma esteira ou toalha de chão, faça algumas comprinhas para um piquenique e, literalmente, se atire no gramado do Hyde Park. É isso que muitas pessoas fazem quando desejam relaxar ou, simplesmente, encontrar os amigos.

Alguns trabalhadores do centro, inclusive, escolhem o Hyde para fazer o seu almoço e relaxar durante o intervalo.

O Hyde Park também recebe muitos eventos públicos e festivais (fique atento à programação) e abriga monumentos impressionantes, como o  Anzac Memorial,  construído em homenagem aos australianos que combateram a Primeira Guerra Mundial.

Harbour Bridge

harbour bridge

A Harbour Bridge é  outro símbolo muito fotografado em Sydney (você já deve ter visto a ponte com os fogos de artifício nas celebrações do Ano Novo na TV).

Uma das maiores pontes de aço do mundo, ela serve para ligar o norte e o sul de Sydney.

Experimente avistar a ponte ao entardecer. É lindo demais! =)

Com o mesmo nome, a Darling Harbour é outro ponto turístico e um lugar de celebração em Sydney. Beirando a baía, a região super charmosa e moderna concentra opções de lazer e entretenimento, com cafés, bares e restaurantes.

É uma ótima opção para todas os públicos: jovens à noite e famílias durante o dia.

The Rocks

the rocks

História, charme e energia estão reunidos no The Rocks, bairro onde foi registrado o início da povoação europeia na Austrália em 1788.

Conhecido por suas ruas coloridas, calçamentos de pedra e edifícios restaurados, a região portuária abriga estabelecimentos de entretenimento, mas não deixa sua história de lado.

Museus e galerias podem ser conferidos nesse bairro que fica bem próximo à Opera House e Harbour Bridge.

Se você estiver na Austrália no primeiro mês do ano, não deixe de visitar o The Rocks, em 26 de janeiro. Nesse dia é celebrado o Austrália Day, festa em que as ruas ficam tomadas por bandas ao vivo que comandam a festa no local. É um agito só!

Blue Mountains

blue mountains sydney

Patrimônio da humanidade, o Blue Mountains é um parque imperdível com um milhão de hectares de falésias, arenito, cachoeiras e florestas de eucalipto.

O local, aliás, é um passeio e tanto se você quer se conectar à natureza ou se aventurar pelos 140 quilômetros de trilhas (calma, que não precisa fazer todo o trajeto).

Outro aspecto que pode interessar aqueles intercambistas mais curiosos é a história. Isso porque a paisagem faz parte do território tradicional do povo aborígene. Se você achar um dia pouco, pode reservar uma acomodação e escolher qual passeio tem mais a ver com o seu perfil.

E porque Blue Mountains? Porque lá de cima é possível visualizar uma linda névoa azulada. Quem vai diz que é inesquecível.

Pitt Street

pitt street sydney

Se você gosta de compras e quer levar muitos souvenirs de Sydney, não deixe de ir à Pitt Street.

Fechada para veículos, a rua funciona como um shopping a céu aberto com todos os tipos de lojas, centros comerciais e restaurantes.

O local é super movimentado e ainda conta com intervenção de artistas de rua. Vá à Pitt Street e observe o movimento da cidade.  

Leia também: 10 melhores cidades da Austrália para fazer intercâmbio

Clima

Se você não é muito chegado no frio, pode comemorar. Ainda que no inverno as temperaturas baixem um pouco, a cidade de Sydney possui um clima quente e temperado.

O sol também se faz muito presente, ótima notícia se você é praiero e está louco para desbravar a região litorânea de Sydney (que é imperdível, diga-se de passagem).

No verão a média varia de 18 a 30 graus, podendo chegar aos 40 nas fortes ondas de calor. Já no inverno os termômetros variam de 9 a 17 graus.

Intercâmbio em Sydney: custo de vida

custo de vida sydney

Para que você entenda como funciona o custo de vida em Sydney, elaboramos dois cálculos de gastos semanais.

Perfil 1: AU$ 340 (estilo de vida mais econômico)

Perfil 2: AU$ 490 (estilo de vida mais luxuoso)

Por que fizemos isso? Para você perceber como simples atitudes de economia podem impactar o seu bolso no final do mês durante o intercâmbio.

A primeira dica para você economizar e se encaixar no perfil 1 é cozinhar em casa. Se organize e leve seu almoço ou janta em uma marmitinha. Esse é um hábito muito comum entre os intercambistas, tanto que as escolas oferecem cozinha com microondas e geladeira.

Veja: Custo de vida na Austrália: calcule quando você vai gastar no destino

Outra super dica para salvar aquela graninha é dividir apartamento ou até quarto se você for mais aberto. Opções como homestay acabam sendo mais custosas.

O último conselho é: substitua a ida semanal aos pubs por um churrasquinho com os novos amigos em casa. Além de ser bem mais barato, você ainda tem mais aconchego para aquela junção saudável de amigos.

IMPORTANTE: Se você optar em fazer um intercâmbio de estudo e trabalho na Austrália, os gastos não serão, assim, tão pesados. Isso porque o salário mínimo é bem recompensador. Se você manter uma rotina controlada de gastos,aliás,  conseguirá não só se manter, como salvar aquela graninha e viajar pelos arredores da Austrália.

Melhores escolas para estudar em Sydney

Sydney é a cidade da Austrália que mais oferece opções de escolas. Nesse contexto, cada instituição apresenta um tipo de metodologia diferente – do ensino mais clássico focado nos livros e na sala de aula ao aprendizado fomentado em passeios e excursões.

A decisão, é claro, cabe ao intercambista que avalia qual tipo de escola tem mais a ver com o seu perfil.

Veja quais são as melhores escolas para estudar em Sydney:

Aproveite e leia: 24 melhores escolas para estudar inglês na Austrália

Mercado de trabalho em Sydney

mercado de trabalho sydney

Como já citamos, o mercado de trabalho para quem vai fazer intercâmbio em Sydney é o mais aquecido de toda a Austrália.

Mas que tipo de trabalho eu posso conseguir?

Tudo vai depender do seu nível de inglês.

Como na maioria dos casos, os intercambistas viajam justamente para aprimorar o idioma, as vagas de trabalho acabam se resumindo à área da hospitalidade.

Vagas como lavador de prato, diarista, barista, garçom, assistente de cozinha são alguns exemplos de empregos encontrados por intercambistas que viajam com o nível básico/intermediário.

À medida que você aprimorar suas habilidades no idioma (compreender mais e conquistar uma fala mais solta e natural), nada impede de tentar vagas como operador de caixa ou até mesmo assistente administrativo.

Vale lembrar que a taxa de desemprego da Austrália é uma das menores do mundo. Última pesquisa indicou índice de 5,3%. Para se ter uma ideia,  no Brasil o levantamento alcança 11,7%.

Mostramos esses dados para você entender que as pessoas que realmente querem e não esperam as coisas caírem do céu, conseguem, sim, um emprego na Austrália.

A dica é correr atrás e mostrar empenho para fazer acontecer.

Que tal entender mais sobre o mercado da Austrália? Leia Empregos na Austrália: mitos e verdades do mercado para brasileiros

4 coisas que você precisa saber antes de ir para Sydney

  1. Se você gosta do clima praiano, está indo para o lugar certo. Sydney tem, nada menos, que 70 praias. As mais conhecidas são as Bondi e Manly Beach.
  2. O transporte público de Sydney na Austrália é muito eficiente e composto por trens, ônibus e o light rail (bondinho). A rede funciona de maneira integrada e é bem extensa, o que significa que até o ponto mais distante terá cobertura do transporte público.
  3. Ainda que o inglês seja a língua mãe de Sydney, na Austrália, acostume-se a ouvir idiomas de todos os cantos do mundo. Espanhol, francês, italiano, português, tcheco… ⅓ da população de Sydney não é de lá e morar nessa cidade, portanto, é vivenciar um pouquinho de cada pedaço do mundo.
  4. Moradores de Sydney têm o costume de fazer churrasco (Barbie como eles chamam) na praia e não precisam se preocupar com a estrutura. O governo disponibiliza churrasqueiras (grelhas) automáticas nos pontos de encontro mais conhecidos. Sua parte é apenas mantê-las limpas após ter aproveitado o BBQ com os amigos.

Conclusão: partiu Sydney na Austrália?

Fazer um intercâmbio em Sydney é mesmo uma das experiências mais marcantes que você poderá ter na vida.

Não deixe essa oportunidade passar e invista agora nesse programa.

Com a experiência de já ter enviado milhares de intercambistas para Sydney, temos tranquilidade em afirmar:

Quem já viveu essa experiência só tem um sentimento: vontade de viver tudo novamente!

Aproveite e solicite um orçamento personalizado com um de nossos especialistas em intercâmbio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[212069]
[212069]
[209006]
[209006]
[209014]
[209014]
[200627]
[200627]
[292870]
[292870]